• event2021 fsmjd nota6

last modified April 30 by facilitfsm



Semana Atividades autogestionadas lanzamento FSMJD 

 fsmjd-small-logo.pngdescargar programa V2 pdf

26 Abril versao 1

16h00- 17h30

Debates REMIR[1]ABET: A saúde mental dos/as trabalhadores/as no contexto da pandemia: trabalho, sobrevivência e direito à vida

Debate realizado com interação com o público, que contará com a participação da Debatedora Tânia Maria de Araújo, do Programa de Pós-graduação em Saúde Coletiva do Departamento de Saúde da Universidade Estadual de Feira de Santana e do debatedor Bruno Chapadeiro Programa, da Pós-graduação em Psicologia da Saúde da Umesp. A mesa sera coordenada pela professora Vera Navarro (USP Ribeirão Preto / REMIR-Trabalho / ABET).

Rede de Estudos e Monitoramento Interdisciplinar da Reforma Trabalhista (REMIR-Trabalho) e Associação Brasileira de Estudos do Trabalho (ABET) Link de acesso à atividade: http://meet.google.com/tzf-vbwt-gyh

17h00- 19h00

Diálogos (im)pertinentes sobre Justiça Restaurativa e Feminismo(s)

O Fórum Social Mundial Justiça e Democracia é um espaço de resistência, de denúncia, de criação e luta para a transformação de sistemas de justiça e a consolidação de instituições envolvidas e comprometidas com os valores da democracia, da dignidade e da justiça social. Com o mesmo compromisso, o INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISAS E ESTUDOS EM MINISTÉRIO PÚBLICO, DIREITO E DEMOCRACIA, propõe a reflexão sobre as possibilidades da Justiça Restaurativa na reconstrução dos relacionamentos e conexão das pessoas envolvidas em conflitos que provocam danos e sofrimentos, a partir do diálogo e da retomada da matrística, com as contribuições do(s) feminismo(s) contemporâneos e suas interseccionalidades, em oposição ao patriarcado e à racionalidade punitiva predominante. A atividade se insere metodologicamente no Eixo 1 – Democracia, Arquitetura do Sistema de Justiça e as forças sociais do FSMJD ao propôr o repensar das expressões de cultura jurídica predominante no país e sua relação com a sociedade, assim como apontar a necessidade de novas formas institucionais aptas a enfrentar o desafio de recolocar as pessoas em primeiro lugar e lhes assegurar todo o reconhecimento, respeito e consideração que devem caracterizar a vida em sociedade. Para tanto, convida ao diálogo a Professora Doutora Raffaella Poriúncula Pallamolla e a Professora Doutoranda Michelle Karin dos Santos para que, com as contribuições da Promotora de Justiça do MPMG Danielle Arlé, referência na temática da autocomposição e Justiça Restaurativa, assim como com todxs interessadxs, seja possível vislumbrar uma outra abordagem aos conflitos e às desigualdades materiais e estruturais perpetuadas pelo sistema de Justiça brasileiro, que legitima a dor e o sofrimento, nega direitos e reproduz injustiças sociais quando atua a pretexto da proteção da sociedade.

Instituto Estudos MP em parceria com o Grupo CRJ (Justiça Restaurativa Crítica) Canal do Youtube do Instituto Estudos MP https://www.youtube.com/channel/UCHi_CZQ3s5A9 cr1u-cZgG_A

18h00- 19h30

Hanseníase: Amplitude da Defesa de DH das pessoas atingidasHanseníase

1/ Filhos separados; 2- vacina e auxílio emergencial; 3- casas colônia; 4- direito a memória- preservação das colônias; 5- direito a memória[1]cemitérios; 6- medicamentos; 7- Participação nas comissões do CNHD - Dinâmica - Debate 9 - Advogados, historiadores e Sociólogos da Rede de Acesso a Justiça e DH do MORHAN

MORHAN Facebook e Youtube - Simultaneamente gerada pelo StreamYard

19h00- 20h30

 Justiça e Democracia como princípios da sociedade, dos movimentos e do próprio FSM

Justiça Democracia protagonismo dos movimentos sociais Carta de Princípios FSM

Abong, Clacso, Inesc, IPF, AE, IDhES, Camp Plataforma Zoom - Facebook - Canal Youtube

 19h00- 21h00

Desinformação e manipulação social: Rede Nacional de Combate a Desinformação - RNCD

Palestra com Ana Regina Barros Rêgo Leal

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBpSYpf 77ukNjkESA3

 fsmjd-small-logo.png

27 Abril versao 1

10h00- 12h00

Plataformização e o Novo Normal

Curso que será realizado no período de terça a sexta, neste dia contando com a seguinte programação: Dia 1 - Mediação: Paula Freitas de Almeida (Unicamp/REMIR) Tema 1. Efeitos das novas tecnologias sobre as cidades inteligentes Profa. Sueli Custódio (Laboratório de Inovação/ITA) Tema 2. O trabalho via plataforma: o gerenciamento algorítmico Prof. Renan Kalil (MPT / REMIR) Tema 3. A jurimetria sobre o trabalho via plataforma digital Profa. Vanessa Patriota (MPT / MP Transforma)

REMIR-Trabalho, ABET, APD, MP Transforma, Laboratório de Inovação/ITA e Rede Latinoamericana de Estudos sobre Trabalho Docente https://meet.google.com/ehm-ktvf-tdq

10h30- 12h30

Educação em Direitos Humanos, Justiça e Democracia

Mesa de debate com Núcleo de Estudos para a Paz e os Direitos Humanos, com Nair Heloisa Bicalho de Sousa, David Sánchez Rubio, Paulo Carbonari, Lilia Vieira, Eduardo Xavier Lemos, Adriana Miranda

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCzZJxvbSySgWQ5M 7MbFE9Zw

14h00- 16h00

 Destruição Autoritária do Estado de Direito: A criação de Inimigos como Desafio ao Sistema de Justiça

A atividade terá como mediadora Maria Betânia Silva e debatedores Pedro Serrano, Nathalia França e José Geraldo de Sousa Júnior. Buscará ampliar o espaço de reflexão e debate crítico sobre o Estado de Exceção e o Direito Penal do Inimigo, buscando recuperar a vivência política e social de respeito aos direitos humanos e a crença no estado de direito voltado para a construção de consensos mas firme na recusa ao neoliberalismo como futuro promissor para a espécie humana.

Transforma MP https://youtu.be/lof1HGWA-pc4

16h00- 18h00

A formação para a participação com metodologias ativas

Mesa de debate com Nick Andrew Pereira Ugalde e Fabiana David Carles

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBpSYpf77u kNjkESA

18h00- 20h00

A importância da formação sobre questões de gênero para a construção da cidadania democrática no Sistema de Justiça - Uma contribuição do MP Mulheres

Diálogo entre Mulheres do Ministério Público. A importância da formação sobre questões de gênero para a construção da cidadania democrática no Sistema de Justiça. Mediadoras: Ana Teresa Silva de Freitas (MPMA), Samia Saaf Gallotti Bonavides (MPPR) e Ludmilla Evelin de Faria Sant'Ana Cardoso (MPMT) e outras participantes do Ministério Público Brasileiro das mais diversas regiões do país.

MP.mulheres.br Google Meet, Youtube

18h00- 20h00

O projeto de Defensoras e Defensores Populares do DF: interlocuções entre Coletivo DANR e Defensoria do DF

Mesa Redonda com Alberto Amaral e Evenin Ávila

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBpSYpf77u kNjkESA

 fsmjd-small-logo.png

28 Abril  versao1

10h00- 12h00

As Contradições do Desenvolvimento Sustentável na Amazônia

Mesa de debate com Israel Pereira Dias de Souza e mediação de César Claudino Pereira

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA

 10h00- 12h00

Justiça de Transição: uma Necessidade Brasileira

A atividade será mediada por Eduardo Valério e contará como palestrantes com Eugênia Gonzaga, Marlon Alberto Weichert e Rogério Sotilli. Buscará apontar as consequências da inobservância sistemática dos postulados da justiça transicional na atual fragilidade da democracia brasileira. Tratará de Justiça de Transição, Direito à memória e à verdade, novos movimentos criados por parentes de desaparecidos políticos entre outros temas relativos.

Transforma MP https://youtu.be/hb-Qskp9jTk

10h00- 12h00

Plataformização e o Novo Normal

Curso que será realizado no período de terça a sexta, neste dia contando com a seguinte programação: Dia 2 - Mediação: Profa. Isabela Fadul de Oliveira (TTDPS/UFBA); Tema 4. As relações de trabalho docente no novo normal Profa. Aparecida Neri de Souza (Unicamp / Rede Latinoamericana de Estudos sobre Trabalho Docente); Tema 5. O incremento do Trabalho Remoto no contexto da pandemia: o trabalho docente Profa. Maria Aparecida Bridi (UFPR / ABET)

REMIR-Trabalho, ABET, APD, MP Transforma, Laboratório de Inovação/ITA e Rede Latinoamericana de Estudos sobre Trabalho Docente https://meet.google.com/ehm-ktvf-tdq

13h30- 15h30

Entre o Sistema de Justiça e a Guerra Geopolítica

A atividade terá como mediadora Alessandra Queiroga e como palestrantes Eduardo Xavier Lemos, Luis Eduardo Fernandes e Fábio de Sá e Silva. Serão discutidas questões como imperialismo, geopolítica, utilização do sistema de justiça, lawfare, combate à corrupção, manipulação ideológica, soft power, entre outros

 Transforma MP https://youtu.be/q3k38P5qI2I6

16h00- 17h30

A reforma trabalhista pelo STF

A reforma trabalhista será debatida à luz das decisões do STF em matéria trabalhista, pelos palestrantes Prof. José Dari Krein e Profa. Renata Dutra, com mediação de Paula Freitas.

Observatório Trabalhista do STF / REMIR[1]Trabalho Google Meeting, sem transmissão ao vivo, com acesso à atividade pelo link: meet.google.com/zec-jryc-uhd

18h00- 20h00

Debate: Avanço Neoliberal e Violência Estatal Urbana

O Avanço Neoliberal e a Violência Estatal e Urbana contra os grupos vulnerabilizados. Mesa de debate mediada por Raquel Braga, AJD, Facilitadora do FSMJD e participantes: Claudia Dadico, juíza, TRF4; Rubens Casara, juiz, TJRJ; e Simone Nacif, TJ, RJ. Acesso à justiça e negativa do devido processo legal, direito de resistência constitucional, legitimação de perdas por fundamentos de ordem cultural, criminalização da pobreza e construção da democracia.

AJD You Tube da AJD, ou, de preferência, You Tube do FSMJD

18h00- 20h00

Debate: Avanço Neoliberal e Violência Estatal Urbana

Mesa de debate sobre O Avanço Neoliberal e a Violência Estatal e Urbana sobre os grupos Vulnerabilizados. Raquel Braga, AJD, facilitadora, como mediadora, e mesa composta por Cláudia Dadico, Juíza TJ/SC, Rubens Casara, TJ/RJ, Simone Nacif, TJ/RJ, uma integrante do grupo "Mães Vítimas" e Gilmar Mauro do MST Nacional.

AJD You Tube do FSMJD, de preferência, ou You Tube AJD.

18h00- 20h00

Os Direitos dos Animais

Mesa Redonda com Maria Lígia Ueno, Tatiane Loureiro da Silva, Janiffe Peres de Oliveira, Vanessa Negrini

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA7

19h00- 20h00

Vulnerabilidade, Direito e Justiça

O tema desenvolvido será Vulnerabilidade, Direito e Justiça com advogades na plataforma Instagram e teremos 4 participantes a principio duas Mulheres e dois Homens. Acesso à justiça é impactado pela vulnerabilidade digital Risco e vulnerabilidade na periferia urbana. Impacto da pandemia na população negra. Violência contra a população Negra

Indômitas Coletiva Feminista (MG) & Instituto Da Advocacia Negra Brasileira (nacional) Instagram IANB ou Indomitas Coletiva Feminista

19h00- 21h00

 Sistema de Justiça e sua possível decolonialidade

Mesa de debate com Haroldo Caetano (MP/GO); Carla Carol (Defensora Pública/SE); Juiz Denival Francisco da Silva (GO); Professor José Geraldo de Sousa Junior; mediada por Franciana Di Fátima Cardoso Costa

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA

19h00- 21h00

EM BUSCA DO MINISTÉRIO PÚBLICO PERDIDO

Tantas vidas a pandemia nos retirou que a própria esperança vacila. Tantos planos a necropolítica soterrou que a própria esperança parece impossível. Mas chega o momento em que não é possível mais recuar e o único impulso é para frente. É reagindo que recriamos esperança e, com ela, lutamos pelo porvir. Se esta vida que nos resta é de luta; lutemos juntos pela vida! É com este espírito que o TRANSFORMA MP vem atuando à frente da organização do Fórum Social Mundial – Justiça e Democracia! Conosco estão dezenas de entidades nacionais e de fora, sendo o Brasil, notoriamente, o centro da atenção mundial. Como parte das mobilizações virtuais preparatórias que acontecerão nos dias 26 e 30 de abril de 2021, o TRANSFORMA MP quer mostrar sua cara e demonstrar que outro MP e outro Brasil são possíveis e que o MP é bem mais do que a “Lava Jato”... Para isso, propomos essa atividade ao FSMJD, com o seguinte formato: Abertura: 5 minutos – apresentação pela mediadora Daniela Campos (Promotora de Justiça MPMG) Painel: 15 minutos – “A luta histórica e os percalços enfrentados pelos que defendem o ‘MP Constitucional’” – Marcelo Pedroso Goulart (Promotor de Justiça aposentado MPSP) Na sequência, com tempo máximo de 5 minutos, serão alternados 15 (quinze) membros e membras do TRANSFORMA MP e, portanto, integrantes de todos os ramos do Ministério Público brasileiro, falando livremente sobre suas áreas, seus projetos e sonhos (claro!).

TRANSFORMA MP https://youtu.be/2GJNaYzoPHU

 fsmjd-small-logo.png

29 Abril versao 1

10h00- 12h00

 Direitos humanos e a educação libertadora: um diálogo partir de Paulo Freire

Palestra com Maria Aldecy Rodrigues de Lima, mediada por Sabrina Cassol

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA

10h00- 12h00

Plataformização e o Novo Normal

Curso que será realizado no período de terça a sexta, neste dia contando com a seguinte programação: Dia 3 - Mediação: Profa. Vanessa Patriota (MPT / MP Transforma); Tema 6. A regulação do trabalho via plataforma nos tribunais do trabalho: Profa. Paula Freitas (Unicamp / REMIR) Tema 7. Os efeitos da plataformização sobre a organização coletiva do trabalhador via plataforma digital: Profa. Patricia Trópia (UFU / ABET)

REMIR-Trabalho, ABET, APD, MP Transforma, Laboratório de Inovação/ITA e Rede Latinoamericana de Estudos sobre Trabalho Docente https://meet.google.com/ehm-ktvf-tdq

11h00- 12h15

A importância da liberdade de imprensa e de expressão para a democracia: o papel do Estado e da advocacia pública

Será discutido em forma de perguntas e respostas a liberdade de imprensa e de expressão para a democracia

APD Streamyard – YouTube

 11h00- 13h00

 Direito à Saúde e os Desafios Impostos Pela Pandemia Covid-19

Palestra com Janaína Machado Sturza

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA

14h00- 16h00

Sistema de justiça: o que temos e o que queremos

 Roda de conversa com coletivos e movimentos sociais sobre o sistema de justiça brasileiro, com participação de Tiago Trentini, Maíra Oliveira, Coletivo Ajunta Preta (TO), MNM (TO), MNPSR (GO), Coletivo CANDANCES (TO), Religião de Matriz Africana (TO), MNMST, MST

Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkESA

18h30- 20h00

 Webinário - Cidadania e Democracia no Sistema Carcerário: Reflexões Sobre os Direitos Políticos dos Presos

O evento tratará das consequências penais sobre os direitos políticos do preso, destacando como as restrições aplicadas a eles repercutem para a manutenção das precárias condições do sistema carcerário brasileiro, em uma sistemática violação de seus direitos fundamentais. O evento será coordenado pelo Presidente do IAMG, Felipe Martins Pinto. Serão 03 convidados, cada um com 15 minutos para ministrarem suas palestras. Estão confirmados: Fábio Rocha, Paula Brener, estamos no aguardo da confirmação do último convite. Em seguida, alunos da UFMG integrantes do OBEP-UFMG terão a palavra para a realização de perguntas, iniciando um debate que integrará também à assistência do evento.

Instituto dos Advogados de Minas Gerais e Observatório da Execução Penal da UFMG Canal do Youtube do IAMG - https://www.youtube.com/channel/UCF96VC0w 2oMMHlbMM8D_AMw

19h00- 21h00

Direito e experiência: estudo de caso e teoria crítica dos direitos humanos

O Fórum Social Mundial Justiça e Democracia é um espaço de resistência, de denúncia, de criação e luta para a transformação de sistemas de justiça e a consolidação de instituições envolvidas e comprometidas com os valores da democracia, da dignidade e da justiça social. Com o mesmo compromisso, o INSTITUTO BRASILEIRO DE PESQUISAS E ESTUDOS EM MINISTÉRIO PÚBLICO, DIREITO E DEMOCRACIA, propõe a reflexão sobre a intersecção entre o método de estudo de caso e a teoria crítica dos direitos humanos, a partir do diálogo entre os Procuradores de Justiça do Ministério Público de Minas Gerais, Antonio Joaquim Schellenberger Fernandes e Geraldo de Faria Martins da Costa, e a Advogada e Doutora em Direito da Saúde pela Université Paris8, Fernanda Zhouri.

A atividade se insere metodologicamente no Eixo 5 – Perspectiva transformadora do sistema de justiça e centralidade da cultura nesse processo do FSMJD na medida em que se pretende discutir temas como novas epistemologias, respeito às manifestações e expressões culturais de povos originários e a sua ação no construto sociopolítico, educação cidadã e em direitos, modificação dos modelos de formação jurídica, seleção e avaliação de seus atores, políticas afirmativas e sistema de cotas para acesso e ocupação de cargos, formas de implementação de novas tecnologias, violências institucionais, ampliação da participação e mecanismos de controle social, relação com os movimentos sociais, ouvidorias, ampliação do acesso à justiça e reconhecimento de novos direitos.

Instituto Estudos MP Transmissão principal pelo canal do Youtube do Instituto Estudos MP: https://www.youtube.com/channel/UCHi_CZQ3s5A9cr1u-cZgG_A (com retransmissão por outros canais parceiros)

19h00- 21h00

Mesa Redonda: Capitalismo, desigualdades, trabalho e sistemas de justiça: Crise, desafios, limites e possibilidades superadoras

FSMJD – MESA DIA 29 DE ABRIL DE 2021 das 19 às 21:00 Esta mesa integra as atividades da semana de mobilização do FSMJD. Título: Capitalismo, desigualdades, trabalho e sistemas de justiça: Crise, desafios, limites e possibilidades superadoras Ementa: A crise decorrente da expansão da pandemia da COVID-19 escancarou as fragilidades dos arranjos internacionais do capitalismo, aprofundando as desigualdades em suas múltiplas expressões, atingindo fortemente a América Latina e, nela, o Brasil, com forte impacto nas relações de trabalho.

Esta mesa, inserida nas atividades da semana de mobilização do FSMJD e alinhada ao seu eixo temático 03, propõe-se trazer ao debate tais questões, tendo como fio condutor a utopia da busca da superação das desigualdades que sequestram a democracia e a construção de uma regulação pública universal que a todos e a todas novas forma de uso da força de trabalho possa incorporar. A partir dessa problemática, de forma interdisciplinar, dando ênfase ao papel da regulação pública e das instituições do trabalho aptas dar -lhe eficácia, coloca -se no desafio de pensar resistências, horizontes possíveis e caminhos superadores, rumo a uma sociedade mais justa e com um direito que cumpra.

Participantes: BELLUZZO, Luiz Gonzaga – Economista. Professor aposentado do Instituto de Economia da Unicamp e professor da FACAMP. Abordagem geral sobre o capitalismo e os caminhos superadores das desigualdades – (15 minutos) DRUCK, Graça – Socióloga. Professora da UFBA, membro e integrante da REMIR. O momento atual do capitalismo, as instituições pública (Justiça do Trabalho, sistemas de fiscalização e organizações sindicais) e seu papel. Que fazer? (15 minutos) POCHMANN, Márcio – Professor aposentado do Instituto de Economia da Unicamp, ex -presidente do Ipea e da Fundação Perseu Abramo, Presidente do Instituto Lula. A realidade atual do mercado e das relações de trabalho no Brasil e as possibilidades superadoras (15 minutos). TEIXEIRA, Marilane – Economista. Doutora e pós -doutoranda em Economia pelo Instituto de Economia da Unicamp, Assessora Sindical, Professora do FLACSO/Perseu Abramo e Pesquisadora no CESIT/Unicamp. (15 minutos).

A crise do capitalismo, as relações de trabalho e as organizações sindicais. Caminhos superadores (15 minutos). TRÓPIA, Patrícia –Professora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade Federal de Uberlândia. Presidenta da ABET. A erosão do mundo do trabalho, organizações sindicais e que fazer. (15 minutos). Coordenadora – Magda Barros Biavaschi, desembargadora aposentada do TRT4, Doutora e pós -doutora em economia social do trabalho pelo IE - Unicamp, Pesquisadora no CESIT -Unicamp e no CLACSO -GT Mundos do  Trabalho do CESIT/Unicamp. Apresentação da mesa e do tema (05 minutos) Debatedores – Carta Maior, Carta Capital, Vanessa Patriota (Transforma MP), Raquel Braga (AJD). Debates – (40 minutos)

ABET; AJD; REMIR, Gt Mundos do Trabalho Cesit Canal ABET no Youtube

19h00- 21h00

MOSAICO DO TRABALHO

PARTICIPANTES: Noêmia Garcia Porto (PRESIDENTE DA ANAMATRA), Sayonara Grillo Coutinho (PROFESSORAASSOCIADA DA FACULDADE NACIONAL DE DIREITO DA UFRJ) Sandro Nahmias Melo (PRESIDENTE DA AMATRA XI) e Marcus Menezes Barberino Mendes (DIRETOR DA ANAMATRA). OBJETO DO EVENTO: Promover diálogo sobre o mundo do trabalho e suas várias dimensões, mormente a social, econômica, histórica e institucional, na expectativa de produzir uma síntese e compor o mosaico sobre a realidade atual do trabalho no Brasil e suas perspectivas, a partir da trajetória institucional e acadêmica de quatro magistrados da Justiça do Trabalho. DINÂMICA: Cada participante terá 15 minutos de fala inicial, que poderá versar sobre análise estrutural do mercado de trabalho, desemprego, informalidade, tecnologia e uberização, importância histórica da Justiça, meio ambiente do trabalho e desenvolvimento sócio-econômico. Depois dessas rodadas de fala, haverá uma hora para perguntas dos assistentes e diálogo entre os participantes, sob a mediação de Noêmia.

ANAMATRA TV ANAMATRA, YOU TUBE, FACEBOOK E INSTAGRAM

 20h00- 22h00

A construção do justo e a Assessoria jurídica universitária popular: a metodologia ativa de ensino e a reforma do sistema de justiça

Buscar-se-á analisar a perspectiva de formação e protagonismo estudantil nos espaços do ensino, pesquisa e extensão, de modo a contribuir com a construção de um novo sistema de justiça. Convidados: Truta, representante do MST; professor José Geraldo; Professor Alexandre Bernardino Costa; Professora Talita Rampin; e Advogada Popular (a confirmar). Mediação pelas estudantes: Júlia Caroline (representante do projeto “Pesquisa em (qual) Direito?”) e Maria Antônia (representante da AJUP Roberto Lyra Filho).

 Defensoria Pública do DF; Núcleo de Estudos pela Paz e os Direitos Humanos - NEP/UnB; Projeto Extensão Educação para os Direitos Humanos; Direito Achado na Rua; Projeto Vez e Voz; Conservatório Musical do vale do Juruá; Conscientize-se: IFAC pela causa animal; Núcleo de Estudos dos Direitos dos Animais; Assessoria Jurídica Universitária popular Roberto Lyra Filho https://www.youtube.com/channel/UCyHJr6eBp SYpf77ukNjkES

 

 fsmjd-small-logo.pngdescargar programa V2 pdf

30 Abril versao 2

10h00- 12h00