• intercomweb18 mapeo cidade

last modified February 28 by facilitfsm


SALA INTERCOM MORADIA CIDADE

https://chat.whatsapp.com/Cj1YVC9iQ6F1f3Xyl1OJC

ATIVIDADES

https://wsf2018.org/es/atividades/categorias/direito-a-cidade/ 

ENTIDADES  

A B C D E F G H
brasil moradia 661 https://wsf2018.org/en/grupos/instituto-brasileiro-de-direito-urbanistico-938215984/ orga O Instituto CONHEÇA O IBDU@ O Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico – IBDU é uma associação civil de âmbito nacional constituída por juristas, urbanistas, pesquisadores, estudantes, profissionais e militantes sociais que atuam na temática urbana. Atualmente, o Instituto possui mais de duzentas pessoas associadas. Desde a sua constituição, o IBDU tem realizado pesquisas, cursos e capacitações, seminários e, como ponto alto, os Congressos Brasileiros de Direito Urbanístico, que são dedicados ao debate do Direito e das políticas públicas urbanas, bem como à apresentação e discussão de pesquisas científicas sobre temas atuais e relevantes. https://wsf2018.org/en/membros/rfgiaco/
international moradia ES 648 https://wsf2018.org/en/grupos/coalicion-internacional-del-habitat-hic/ orga La Coalición Internacional del Hábitat (HIC) es la red global por los derechos vinculados al hábitat. A través de la solidaridad, la articulación y el apoyo a movimientos y organizaciones sociales, HIC lucha por la justicia social, la equidad de género y la sostenibilidad ambiental, y trabaja por la defensa, la promoción y la realización de los derechos humanos vinculados a la vivienda y a la tierra, tanto en el campo como en la ciudad. https://wsf2018.org/en/membros/hic-gs/
Brasil moradia 633 https://wsf2018.org/en/grupos/instituto-brasileiro-de-direito-urbanistico/ orga O Instituto Brasileiro de Direito Urbanístico – IBDU é uma associação civil de âmbito nacional constituída por juristas, urbanistas, pesquisadores, estudantes, profissionais e militantes sociais que atuam na temática urbana. Atualmente, o Instituto possui mais de duzentas pessoas associadas.@ Desde a sua constituição, o IBDU tem realizado pesquisas, cursos e capacitações, seminários e, como ponto alto, os Congressos Brasileiros de Direito Urbanístico, que são dedicados ao debate do Direito e das políticas públicas urbanas, bem como à apresentação e discussão de pesquisas científicas sobre temas atuais e relevantes. https://wsf2018.org/en/membros/rfgiaco/
brasilRJ moradia 579 https://wsf2018.org/es/grupos/comite-vila-alianca-integrado-a-acao-da-cidadania/ comite O Comitê Vila Aliança Integrado a ação da cidadania, é uma organização não governamental sem finalidade lucrativa, que foi fundada 1997 com o propósito de promover o desenvolvimento humano, combatendo a exclusão social, propondo uma melhor qualidade de vida dos menos favorecidos. Utilizando como recursos as diferentes ações e projetos sociais, das diferentes áreas, atuante em Vila Aliança/Bangu. A Instituição é um ponto de apoio para as necessidades dos comunitários, na promoção de passeios culturais, documentação de Jovens, solicitação de vagas em escolas e creches, além disso, intermédia, ainda, questões comunitárias junto a órgão públicos pertinentes na busca de soluções, na total carência de atendimentos esportivos sociais na comunidade de Vila Aliança e adjacência, a nossa instituição faz-se presente, quando necessário e solicitado. https://wsf2018.org/es/membros/comite/
international moradia En 569 https://wsf2018.org/es/grupos/global-platform-for-the-right-to-the-city/ orga The Global Platform for the Right to the City emerged from the initiative of several organizations working on the theme around the world and from the need to promote and mobilize national and local governments, international and regional organizations towards a new paradigm for development, more inclusive and democratic. The Platform advocates for the recognition and adoption of the Right to the City in the implementation of public policies, therefore it has been participating, through its members, in different spaces and events in order to disseminate the concept and to lobby for its adoption as the cornerstone of documents, agendas, plans and initiatives on urban and territorial policies. https://wsf2018.org/es/membros/gpr2c/
Brasil moradia 417 https://wsf2018.org/es/grupos/uniao-nacional-por-moradia-popular/ orga UNMP iniciou sua articulação em 1989 e consolidou-se a partir do processo de coletas de assinaturas para o primeiro Projeto de Lei de Iniciativa Popular que criou o Sistema, o Fundo e o Conselho Nacional por Moradia Popular no Brasil (Lei 11.124/05). Com esta tarefa os movimentos de moradia do Estado do Paraná, São Paulo e Minas Gerais iniciam com objetivo de articular e mobilizar os movimentos de moradia, lutar pelo direito à moradia, por reforma urbana e autogestão e assim resgatar a esperança do povo rumo a uma sociedade sem exclusão social. Sua atuação se dá nas áreas de favelas, cortiços, sem-teto, mutirões ocupações e loteamentos. Passados 19 anos, a atuação do movimento com essas propostas estão localizadas em 17 Estados brasileiros. Sua forma de organização tem uma forte influência da metodologia das Comunidades Eclesiais de Base, de onde se originam grandes partes de suas lideranças. Trabalha-se com grupos de base nas regiões metropolitanas e se articulam regionalmente nos principais pólos dos estados. Os estados são representados na instância nacional. Sempre defendendo a proposta autogestionária, o direito à moradia e à cidade e a participação popular nas políticas públicas e radicalmente contra os despejos, a UNMP organiza-se em torno desses princípios comuns que se traduzem em reivindicações, lutas concretas e propostas dirigidas ao poder público nas três esferas de governo. Nesse sentido, tem enfrentado as diferentes gestões, ao longo desse tempo, buscando a negociação e a ação propositiva, sem deixar de lado as ferramentas de luta e pressão do movimento popular.UNMP tem sido fundamental para a articulação e propostas habitacional no âmbito do Governo Federal, tendo participado da mobilização e conquista da inclusão do direito à moradia na Constituição, da aprovação do Estatuto das Cidades e da realização da Conferência das Cidades, https://wsf2018.org/es/membros/evaniza/
Brazil moradia 415 https://wsf2018.org/es/grupos/sampape/ orga O SampaPé! é uma organização sem fins lucrativos (ONG) fundada em 2012 que tem como fim melhorar a experiência de CAMINHAR nas cidades. Para isso realiza projetos que de forma lúdica e politica sensibilizem os ci https://wsf2018.org/es/membros/llsabino/
moradia 345 https://wsf2018.org/fr/grupos/conam-confederacao-nacional-das-associacoes-de-moradores/ orga Confederação que articula as associações comunitárias em todo Brasil, com mais de 22 000 associações de moradores participaram do seu ultimo Congresso em 2017, com atuação em todo Brasil e articulada com AIH –
Aliança Internacional de Habitantes e com a FCOC – Frente Continental das Organizações Comunitárias
https://wsf2018.org/fr/membros/conam/
brasilBA moradia 328 https://wsf2018.org/fr/grupos/comite-forum-pos-ocupacao/ comite Comitê responsável pela organização da atividade a ser apresentada no FSM 2018 pelo Fórum Pós-ocupação de Habitação de Interesse Social da Região Metropolitana de Salvador. https://wsf2018.org/fr/membros/forumposocupacao/
ESS 313 https://wsf2018.org/fr/grupos/instituto-de-desarrollo-urbano-cenca/ orga El Instituto de Desarrollo Urbano – CENCA, es un organismo sin fines de lucro especializada en temas de desarrollo territorial, mejoramiento del hábitat y medio ambiente, género y economía solidaria. Contribuye en el desarrollo de capacidades y en el diseño de políticas públicas y en sus actividad prioriza el trabajo con organizaciones sociales y gobiernos locales. https://wsf2018.org/fr/membros/marie-bouret/
sierraleone moradia EN 297 https://wsf2018.org/es/grupos/water-sanitation-and-hygiene-network/ orga The Water, Sanitation and Hygiene Network of Sierra Leone (WASH-Net Sierra Leone) is an independent national platform which seeks to ensure that the diverse voices of citizens with respect to WASH are represented and heard in the development and implementation of sector related plans and policies. @ Registered with the Government of Sierra Leone and the Sierra Leone Association of Non-Governmental Organizations, WASH-Net is the leading national alliance of civil society organizations (non-state actors) in Sierra Leone with the desire of joining existing platforms in addressing the critical barriers to achieving universal and sustainable sanitation and drinking water for all. These barriers include insufficient political prioritization, weak sector capacity to develop and implement effective plans and strategies, coupled with inadequate investments to place WASH at the heart of national development agenda. @ At WASH-Net Sierra Leone, we build the capacities of citizens and their institutions by providing the needed tools that enables them to effectively engage in order to demand fulfillment of promises, accountability and effective delivery of WASH services for a desperate situation.@ The absence of a clear mechanism for channeling citizen’s voices disseminating these growing challenges makes it difficult to use “on-the-ground realities” to influence change in the sector and provide workable alternatives. This formed part of the growing concerns among CSOs for a unified voice, capable of mobilizing sector actors for actions that are non-confrontational but capable of resolving some burning WASH sector challenges. Giving the NGOs one voice for advocacy and lobbying has been one major benefit to the coalition.@ WASH-Net’s approach in drive is to enhance and facilitate a multi-stakeholder process across the sector, engender and promote knowledge, identify opportunities for intervention and foster learning and joint action. https://wsf2018.org/es/membros/musaansumana/
moradia EN 283 https://wsf2018.org/fr/grupos/ga-fearless-cities-as-world-political-actors/ comité In social justice, climate responsibility, migration policies and anti-racism,
in building democratic, local currencies, in solidarity economies and in the fight against illicit financial flows and tax havens “transition cities and regions ” nd “fearless cities” are quickly emerging as innovative actors. ” action — local action with a global ambition — brings new hope to all suffering the consequences of the authoritarian capitalist world system. This session seeks to bring together activists from the fearless cities and regions movement to share ideas and inspire each other. It activity includes a discussion about 30 minute of the initiative: https://wsf2018.org/en/grupos/gi-developping-a-global-network-of-fearless-cities-for-just-transition-globally/
https://wsf2018.org/fr/membros/upyakurel/
academico 262 https://wsf2018.org/fr/grupos/residencia-aue-ufba/ orga Curso de Especialização em Assistência Técnica em Habitação e Direito à Cidade https://wsf2018.org/fr/membros/amgs/
moradia 158 https://wsf2018.org/fr/grupos/moradia-popular-ocupacoes-projetos-de-moradias/ gt O grupo é formado por 6 pesquisadores do Brasil, Estados Unidos, Canadá, e Inglaterra, Geógrafo, Antropólogos, sociólogos, e cineasta. O objetivo de nossa https://wsf2018.org/fr/membros/rogotos/
moradia 119 https://wsf2018.org/fr/grupos/mstb-movimento-sem-teto-da-bahia/ GT Movimento Social que historicamente atua na cidade de Salvador organizando os trabalhadores e trabalhadoras na luta por moradia digna e melhores https://wsf2018.org/fr/membros/sant/
sustentabilidade 108 https://wsf2018.org/fr/grupos/rede-nossa-sao-paulo/ orga O Movimento Nossa São Paulo foi lançado em maio de 2007 a partir da percepção de que a atividade política no Brasil, as instituições públicas e a https://wsf2018.org/fr/membros/americo/
sustentabilidade 100 https://wsf2018.org/fr/grupos/programa-cidades-sustentaveis-rede-nossa-sao-paulo/ orga Realizado pela Rede Nossa São Paulo, a Rede Social Brasileira por Cidades Justas, Democráticas e Sustentáveis e o Instituto Ethos, o Programa Cidades https://wsf2018.org/fr/membros/zuleica/
mnegro 62 https://wsf2018.org/grupos/bairros-negros-cidades-negras/ gt Bairros negros são áreas de habitação de populações de maioria negra, sempre considerados como áreas de vulnerabilidades, como de moradia precária e de infra-estrutura urbana deficientes. São áreas de forte cultura e sociabilidade de populações negras. Bairros negros são forma urbana de inscrição das populações negras.O racismo institucional esta na base da formação das desigualdades sociais produzidas para os bairros negros. Dentro da pauta de direito a cidade é necessário discutir bairros com um enforque transdisciplinar e dentro da ideia de complexidade. https://wsf2018.org/membros/hcunhajr/
moradia ES 51 https://wsf2018.org/grupos/alianza-internacional-de-habitantes/ orga red global de organizaciones populares para el derecho a la vivienda, a la ciudad y a la habitat.
http://www.habitants.org
https://wsf2018.org/membros/iai/
brasil moradia 33 https://wsf2018.org/grupos/teto-brasil/ orga Organização Social Latinoamericana que trabalha pela superação da pobreza através do fortalecimento das capacidades comunitárias e soluções de moradia digna e hábitat. https://wsf2018.org/membros/luanlessa/