• GTmetodo 28 junio relatoria

last modified July 2 by facilitfsm


MEMÓRIA REUNIÃO FOSPA 28.06.2021


Data: 28.06/2021

Hora Início: 10h

Participação: Eunice Guedes, Vera Barreto, Jacqueline Freire, Magda Nascimentoo, Lúcia Isabel, Pierre, German Niño, Walter Limache, Ze Everaldo Vicentello.

Metodologia Utilizada: On-line / Link: Plataforma Google Meet, com pauta e participantes pré-definidos/as na reunião anterior.

Coordenação, Facilitação e  Inscrições: Magda e Eunice

Relatoria da Reunião: Magda, Lúcia Isabel

 

O início da Reunião se deu registrando o aceite de todos e todas presentes para gravação da mesma, seguido pelo voto de boas vindas. Em seguida foram feitas as inscrições.

Pauta:

  • 1.     Necessidade de definir dias fixos para as reuniões d GT e modo a que as pessoas possam se organizar e tenhamos maior participação;
  • 2.     Escolha de textos e outros materiais para subsidiar o Gt Metodologia;
  • 3.     Participação na Reunião da AMA;

 

ENCAMINHAMENTOS REUNIÃO GT METODOLOGIA X FOSPA 28/06/2021.

1) Foram feitas várias reflexões sobre a necessidade de o GT se organizar melhor as atividades o que significa por exemplo, definir as competências de cada GT, talvez se organizar em sub-GTs para ter estratégias mais delimitadas de atuação e poder avançar nelas;

Diante das reflexões surgiram os seguintes encaminhamentos:

1) Reunião do GT de Metodologia fixa (ficou definido toda sexta às 9 horas, horário de Belém);
2) Leitura de 4 textos para reunião de sexta (repassados pela Eunice no whatsapp do GT de Metodologia) com intuito de selecionar eixos prioritários, princípios do X FOSPA...;
3) Perguntar a CI sobre o Seminário Internacional (se ainda irá se realizar e se tem proposta de data? Para verificar a possibilidade de encaminhar a proposta do Seminário de Metodologia (data);

4) Verificar a viabilidade de um drive para unir as gravações das reuniões e as relatorias;

5) Importante dialogarmos e refletirmos sobre a contribuição do GT  de Metodologia no Encontro de Saberes que a Secretaria Executiva organizou e que incide diretamente sobre a Metodologia do X FOSPA, a iniciativa intitulada "No Rumo do FOSPA" ;

Informe da Secretaria-Executiva do X Fórum Social Pan-Amazônico – XFOSPA Belém https://fospabelem.com.br/pt_br/2021/06/24/01-21-informe-da-secretaria-executiva-do-x-forum-social-pan-amazonico/

 

6)Participação de representações do GT de Metodologia (reunião as 15h dia 30/06) Nilde e Eunice, quem poder pode se colocar.

Pautas da Reunião: El miércoles 30 de junio a horas 13:00 de Ecuador, Colombia y Perú, 14:00 horas de Bolivia y Venezuela, y 15:00 horas de Brasil-Sao Paolo y Surinam tendremos nuestra reunión de coordinación de la AMA. En la agenda tenemos como temas propuestos:

a) Eventos preparativos del FOSPA en Belen.

b) Día/Semana mundial por la Amazonía a ser presentado por Amazon Watch

c) Negociaciones de Cambio Climático y COP26

d) Varios

Por favor confirmen su asistencia al email de asambleamazonica@gmail.com. Esta es la invitación a la reunión de la AMA.

 

7) Ler os pontos colocados pelo Pierre, German e Walter para pensar temáticas, propostas...

German : Algunas propuestas para trabajar la metodologia:

  • a. contexto regional y global y su impacto en el procesos del Fospa
  • b. impulso del trabajo en los paises: Preforos ( Naturaleza, temas y metodologias)
  • c.Trabajo con las Inciativas de acciòn : Agendas, procesos y armonizaciòn con el proceso Fospa
  • Papel de la comunicaciòn, sistematizaciòn e investigaciòn en la actualidad del proceso del X fospa
  • d.Desarrollo de las Alianzas: Nacionales, reguionales y globales
  • e.papel del comite Brasil: Coordinaciòn y plan de trabajo: Logistica, financiaciòn, voluntarios
  • , etc

 

Walter : Hacia la construcción de la propuesta metodológica

  • f. Identificar los procesos sociales centrales que están hoy en vigencia, y que se convierten en referencia, por ejemplo, el Tribunal de las mujeres…
  • g. Identificar los posibles procesos centrales y temáticos que diferencien y caractericen al X FOSPA
  • h. Recoger y definir el rol que deben jugar los países y sus comités locales FOSPA expresando sus percepciones de cómo debiera ser el X FOSPA, así se convierten en actores dinamizadores también
  • i. Trabajar una idea central de cuál va a ser la característica del X FOSPA, es decir, qué le va a diferenciar de los anteriores, cuál puede ser su sello? Para ello, será fundamental hacer una lectura de la Carta de Mocoa como referencia última de lo que define y da como expresión de mandato para continuar. La referencia del proceso metodológico de IX FOSPA de Colombia es un buen referente. Con estos elementos se pueden definir de mejor manera lo metodológico del X FOSPA

 

Pierre 

 

7) Vera : Penso ser esse o caminho...quais os desafios diante do contexto da pandemia? Olhar para as metodologias das nove edições ...não perder de vista os princípios da educação popular, FOSPA é vida, alegria, cultura,...


8) Eunice : Para quem quiser conhecer mais sobre o FOSPA: os relatórios que recebemos da organização do IX FOSPA Conforme informamos se encontram disponíveis nos dives abaixo (os links estão também colocados na descrição desse grupo)

Abaixo alguns apontamentos e contribuições para a discussão  que tínhamos feito no GT de Metodologia.

  • a) O seminário Internacional que tinha data prevista para maio/2021 teve mudança de data e esperamos a definição de nova data para o Seminário Internacional;
  • b) Enquanto isso o Comitê Brasil organiza-se para realizar um Seminário Metodológico, em que se deverá aprofundar os aspectos centrais do processo metodológico do X FOSPA onde se agregaram no GT do X FOSPA companheiras/os  que se dispuseram a compor o GT depois da reunião do CI do dia 17/06.
  • c) Refletir  sobre o processo do FOSPA,  diretrizes metodológicas , eixos programáticos as  e decisões dos FOSPAS anteriores ao X. Ter um olhar em especial para o que diz a  carta de MOCOA, rever as iniciativas de ação tiradas no IX FOSPA, articulações e alianças, as Iniciativas de Ação, Atividades Autogestionadas,  agendas comuns e  colaborativa entre as organizações no âmbito do FOSPA e proposição de alianças a Fóruns regionais, nacionais e Organizações globais. Respeitando-se, o processo é a tradição metodológica acumulada ao longo das nove edições do FOSPA. 

 

PRINCÍPIOS E DIRETRIZES METODOLÓGICAS FUNDAMENTAIS 

  • d) Pensar o FOSPA com uma construção participativa, amorosa, agregando os diferentes para potencializar a criação de redes de solidariedade;
  • e) Pensar que temos que organizar formas de nos acolher e de construir o FOSPA de maneira dialógica. Precisamos construir cuidado e novas formas de diálogo. Continuamos usando metodologias sem levar em conta o cuidado, a mística, o lúdico, a arte e a música. 
  • f) Participação efetiva dos Movimentos Sociais, que cada entidade, movimento, coletivo possa falar por si próprio e que todas as vozes sejam ouvidas e reconhecidas;
  • g) Afetividade, amorosidade, acolhimento e cuidado ;
  • h) Incorporação das artes, cultura popular, místicas;
  • i) Incorporar os debates das Mudanças Climáticas, Capacitismo, Inclusão e Acessibilidade, diversidade de raça,etnia, orientação sexual, identidade de gênero, racismo, machismo,  Diálogo Inter-cultural e Inter-religioso;
  • j) Realizar a tradução do evento diversas línguas, inclusive as línguas indígenas.
  • k) É preciso que nos espaços representativos estejam os sujeitos e não em espaços subalternos (Mesas de abertura, comissões de construção do FOSPA), “nada de nós sem nós!”;
  • l) FOSPA com uma perspectivs antimachista, anticapitalista, antirracista e não  lesbotransfobico. Fospa incorporando  como parte estruturante e inerente desde o projeto até as discussões e ações as dimensões das diversidades de raça, etnia, orientação sexual e identidade de gênero e o anticapitalismo;